Terminei meu doutorado em 2018 e estou trabalhando na transformação da tese no livro Digital Reading and Embodied Meaning-Making, que será publicado pela Bloomsbury Academic. A seguir, confira o resumo da minha tese, intitulada Corporeidade e agência na leitura digital: a construção de sentido com aplicativos literários na primeira infância, e saiba mais detalhes sobre o projeto.

Essa tese de doutorado investiga a construção de significado nas transações de leitura de aplicativos literários compartilhada entre crianças e pais. A análise da construção de significado concentra-se na corporeidade como um aspecto central nos aplicativos literários e suas leituras e na negociação da agência das crianças no ato da leitura compartilhada. A construção de significado é entendida por uma perspectiva da semiótica social multimodal, que considera que o significado emerge na transação dinâmica entre leitor, texto e contexto social. Portanto, a dissertação integra a análise dos aplicativos e das respostas das crianças para capturar a dinâmica da criação de significado nessas transações. Os estudos de caso foram conduzidos com seis famílias, que leram os aplicativos O Monstro no Fim deste Livro (Stone & Smollin, 2011) e Chapeuzinho Vermelho (Nosy Crow, 2013) em uma biblioteca pública na Inglaterra. O método principal de coleta de dados envolveu observações registradas em vídeo de eventos de leitura conjunta entre pais e filhos, complementado por elicitações gráficas, entrevistas informais e um questionário. Os dados do vídeo foram analisados por métodos multimodais.

Os resultados indicam que os leitores participantes usaram seus corpos não apenas como um ponto material de contato e ativação dos recursos interativos, mas também como um recurso para criar significado em suas transações. O corpo do leitor foi essencial no engajamento com os recursos interativos e materiais dos aplicativos, nas manifestação das respostas leitoras e no compartilhamento da experiência de leitura com os pais. O corpo do leitor, através de gestos espontâneos e interativos, constitui portanto uma modalidade semiótica nas ecologias multimodais tanto do texto como das respostas leitoras. Além disso, os leitores infantis negociaram constantemente sua agência dentro das restrições impostas pelo texto, restrições essas que incluem a própria narrativa e seus recursos interativos, além das restrições impostas pela situação da leitura compartilhada. Os corpos dos leitores desempenharam um papel essencial nessa dupla negociação de agência. A agência das crianças foi roteirizada (scripted), ou seja, os leitores exerceram sua agência dentro das limitações de um script. O roteiro, no entanto, permitiu aos leitores improvisar, e suas performances também envolveram resistência ao script por meio de subversões lúdicas. No evento de leitura compartilhada, a agência infantil foi destacada, posicionando as crianças como leitores protagonistas, que realizaram a maioria das interações e viveram a experiência estética do texto integralmente, em detrimento de seus pais, que participaram principalmente como leitores de apoio, transferindo sua agência para as crianças.

Palavras-chave: construção de sentido; aplicativos literários. primeira infância; corporeidade; agência; leitura digital; estudo de caso; semiótica social multimodal

https://doi.org/10.17863/CAM.31007

viva
A felicidade após a defesa da tese: com a querida examinadora Prof. Margaret Mackey, minha orientadora Dr. Fiona Maine, e minha segunda examinadora, Dr. Zoe Jaques.
PS: Eu terminei de escrever meu PhD durante uma estada como pesquisadora visitante na Universidade de Berkeley, EUA. A imagem mostra minha viagem (metafórica) dos jardins de Berkeley até a famosa porta vermelha do Conselho de Pós-Graduação da Universidade de Cambridge, onde todos os doutorandos submetem suas teses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s