O Selo Cátedra 10, que premia a cada ano o melhor da produção de literatura infantil e juvenil no Brasil, divulgou seus resultados. O prêmio é promovido pela Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio. Foi um prazer acompanhar a produção de 2021 e um desafio selecionar os vencedores entre tantos livros de qualidade.

Foram premiadas 13 obras na categoria Distinção, que celebra os melhores livros do ano, e 37 na categoria Seleção, que indica livros de excelência que não podem faltar a nenhum acervo, além da obra Hors concours deste ano, a nova edição do já clássico Alegria Pura, de Stella Maris Rezende, ilustrado por Eduardo Albini. A seleção traz uma grande diversidade de autores, editoras, gêneros textuais, temáticas e obras que abrangem todas as etapas da infância e da juventude, desde o berço até o fim da adolescência.

As obras são selecionadas pelo GELIJ, Grupo de Estudos em Literatura Infantojuvenil, coordenado por Denise Ramalho e com a mentoria acadêmica de Eliana Yunes. O grupo reúne pesquisadores em literatura infantil e juvenil que resenham as obras e se encontram semanalmente para a discussão de cada um dos livros inscritos. Tenho o prazer de fazer parte do grupo desde 2019, juntamente com Ana Portella, Augusto Pessôa, Karla Japor, Lucia Fidalgo, Luciana Conti, Luiza Trindade e Maria Clara Cavalcanti de Albuquerque.

Conheça os vencedores:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s