Mitos sobre a Literatura Infantil Digital: #2 “Interatividade distrai o leitor”

Os livros infantis digitais, ou aplicativos literários, são com frequência confundidos ou comparados com jogos digitais, que tem um efeito "viciante" ou de distração. Nos bons livros digitais, onde a interatividade serve à narrativa, o efeito é outro. É o que nos conta a especialista Monica Araújo (@nica_araujo23), professora na UFMG e coordenadora do NEPCED, … Continue lendo Mitos sobre a Literatura Infantil Digital: #2 “Interatividade distrai o leitor”

Vamos contar histórias em português?

Texto meu, que saiu na Plataforma Brasileirinhos, sobre a atividade de contar histórias em português com o aplicativo Inventeca, da Storymax.

Coluna High Tech
Aline Frederico

Para comemorar os 10 anos da Brasil em Mente, a coluna High Tech está de volta!

Estimular os brasileirinhos a falar o português é uma das tarefas mais difíceis do educador, seja pai ou professor, na área do português como língua de herança. A capacidade de compreensão e recepção do PLH geralmente se desenvolve mais facilmente do que a capacidade produção da língua, seja na forma falada ou escrita. Além disso, geralmente é há mais recursos para os pais estimularem a recepção da língua, por meio de livros – no formato impresso, e-book ou aplicativo literário–, televisão – TV tradicional, streaming ou YouTube –, além de canções, parlendas, adivinhas e outras brincadeiras com a nossa língua que as crianças adoram.

Mas você sabia que a literatura e a tecnologia também tem um potencial incrível de estimular a fala (e a escrita) do PLH? Um exemplo…

Ver o post original 739 mais palavras